Iluminação

Iluminação

A iluminação e o que deixa o ambiente charmoso.

Ela que vai valorizar e também desvalorizar todo seu contexto de decoração.

Algumas leitoras me mandaram email pedindo para falar mais desse componente todo especial, por terem diversas duvidas.

A iluminação interfere diretamente em seu espaço.

Elas podem mudar e interferir nas cores de seus espaços. Ela que dará um conforto visual.

Hoje existem quatro tipos de lâmpadas mais usadas na decoração, sao elas:

Incandescente, fluorescente, halogenas, Led.

O tipo de lâmpada deve ser escolhido de acordo com o tipo de efeito na iluminação que você deseja ter.

Vou falar um pouquinho de cada tipo de iluminação e como usa-los.

 

Iluminacao direta

 

Luz diretamente, sem reflexo, pouca sombra.

Luz suave, que nao incide de foco.

Para dar este efeito no espaço, devera usar texturas e cores de boa reflexão para dar mais abrangência no espaço.

Por exemplo, a luz produzida por uma cortinha de voil, semi- transparente.

 

Facil observar a luz que transpassa pela cortina de voil.

 

Iluminacao Indireta

 

Ideal para ambientes de longa permanência. A luz indireta eh obtida através de reflexo de alguma superfície. Por exemplo sancas de gesso e abajures/ luminárias.

Iluminação sem ofuscamento.

 

 

Difusa

 

Oferece uniformidade com a luz direta e indireta.

Iluminacao Dirigida

 

Luz direcionada, com foco, ideal para valorizar e dar ênfase a determinados componentes em seu contexto na decoração.

Como por exemplo, dar ênfase a uma obra de arte, uma tela.

Ou aquele pendente direcionado em cima de uma mesa de trabalho.

 

 

Wall Washing ou banho de luz

 

Serve para fazer aquela cortina de luz na parede; deve ser fixado no teto, ou no chão, com spots direcionados. Focalizam a extensão da parede, dando aquele efeito de cortina

Ideal para valorizar efeitos arquitetônicos e destacar cores e texturas.

 

Up Light

 

Efeito para iluminar elementos verticais, como por exemplo arvores.

É a luz que vem de baixo para cima.

Ambientes pequenos.

Para ambientes menores ideal usar iluminação indireta e abundante.

Se você tiver vários pontos de luz, melhor, sempre digo que e melhor usar iluminação demais do que de menos, e no caso se você tiver vários pontos, fica mais fácil, pois você consegue escolher a quantidade de iluminação em determinado momento, usando acionamentos individuais.

Tomar cuidado que iluminação demais poderá ofuscar a visão de quem estiver no ambiente.

Somente fazer cortina de iluminação em um lado da parede. Pois mais lados poderá diminuir o espaço, principalmente se ele for estreito.

 

Ambientes Grandes

Para iluminação total do ambientes, usar vários spots com acionamentos individuais.

Ideal utilizar também vários pontos de iluminação indireta, como abajures e luminárias de pé, de preferencia simétrico.

Moveis mais pesados contribuem, como muita madeira.

 

 

Para ambos os casos sempre aproveitar a luz ambiente. E nunca perder seu ponto de interesse.

 

Teto Baixo

Usar luz uniforme e simétrica.

Evitar o direcionamento de luz para o chão, isso dará o efeito oposto ao que precisamos.

De baixo para cima.

O ideal e que a iluminação venha do piso, caso não de, utilize de arandelas que dão o efeito da luz para cima.

Para leituras usar luz direcionada com abajures, porem deverão ficar apagados quando não estiverem em uso.

 

 

Pé direito alto.

Um ótimo recurso utilizar iluminação em vigas e a utilização de sancas, spots e arandelas também sao ótimas soluções.

Tambem para valorizar fica legal o mesmo efeito de pe direito baixo, utilizando a iluminação de baixo para cima, valoriza o teto, faz crescer o ambiente.

Para ambientes pequenos ideal diminuir sua altura com abajures e luminárias, eu também gosto muito de utilizar pendentes com fios ou hastes longas.

Com a iluminação conseguimos diversos efeitos, com isso, use e abuse de sua criatividade com minhas dicas, dará muito certo.

 

 

Anúncios